Quaresma: Tempo de Conversão

Todos os anos, a Igreja convida seus fiéis a viverem um momento oportuno da Quaresma, que é um tempo litúrgico dedicado a penitência e a conversão. Ela se inicia com a Quarta-Feira de Cinzas, que nos convida a refletir sobre a finitude humana e se encerra com a Semana Santa, onde celebramos e meditamos sobre os últimos momentos de Jesus Cristo em sua primeira vinda.

É a necessidade do cristão de realizar a sua conversão continua, que solidifica toda a espiritualidade quaresmal, a invocação “Convertei-vos e credes no Evangelho”, presente na Quarta-Feira de Cinzas, é o horizonte que nos impulsiona a uma renovação pessoal e comunitária que aponta para a Páscoa. É um convite próprio da quaresma, realizar três práticas de seguimento a Jesus Cristo:
 
1. Oração: Nos liga a Deus, nos ensina a declaramos que somos necessitados do Senhor e da sua misericórdia.
 
2. Jejum: Não é somente uma contrição ou proibição vazia. É uma prática que nos convida a orientar as nossas ações e pensamentos para com nós mesmos, com os outros, com a Criação e com Deus.
 
3. Caridade: Sair da insensatez de viver do acúmulo de tudo para nós mesmos. A Caridade ou também conhecida como esmola, é um descentralizar de si mesmo, para aprender a olhar para o que sofre.
 
Como proposta de reflexão e conversão, a Igreja propõe como tema da Quaresma de 2022: “Não nos cansemos de fazer o bem, porque, a seu tempo colheremos, se não tivermos esmorecido. Portanto enquanto temos tempo, pratiquemos o bem para com todos” (Gl 6,9-10), que incentiva a prática da esmola e da caridade. Já a Igreja do Brasil, por intermédio da CNBB, propõe como Campanha da Fraternidade o tema da Educação, com o lema: “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pv 31,26).
Que você tenha uma santa e abençoada Quaresma!
 
Fica o convite de participar conosco no Santuário Senhor do Bonfim com a nossa programação quaresmal!
 
Paz e Bem!

 

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.